Skip to main content

Posts

Featured

Se puder ser eu, sou livre. Se puder sentir como sinto, falar o que tenho para dizer. Guardar-me no meu silêncio sem que me batam à porta. Se for capaz de olhar para os "meus" sem amarras. Se à minha volta não importar o suficiente para me magoar e tiver a importância necessária para me fazer feliz. Mais do que a liberdade que nos dão é a capacidade que temos de conseguir ser livres. Cá dentro.

Latest Posts

Amor de pegar e guardar

Sim. Já sei que não sou gorda. Sou mais para o mais meio termo com umas coisas melhores que outras e salva-me a minha altura. Este é o terceiro pós parto. Já leva com quase dois anos. Vezes três é fazer as contas. As contas à preguiça à falta de vontade aos dias carregadados de casa e de filhos e de desculpas por todos os lados. Já perdi a conta às vezes em que disse "começo na segunda" e aos sábados em que desisti sem dar por ela e me presenteie com um sushi "porque eu mereço". Às vezes em que se fez clique e aos cliques que se perderam entre o pão. Já perdi o comboio das mães que se podem encostar aos 3 partos porque o que não faltam por aí são exemplos. O tempo. A motivação. O dinheiro. Tudo se faz. Só falta fazer. Que é só o mais fácil e também o mais difícil.

- desculpe pode tirar-me uma fotografia?? É que é a minha irmã! Não há tamanho para este orgulho. E agora: ler. De fio a pavio! Parabéns!!! Está linda!

Ser blogger é como ser da Emel

Eu fervia água. A Leonor chorava.

Protegê-los

Deve ser do tempo. Que me deu para ver estas memórias de calor. Deles com menos um ano. De nós com um ar leve. Os cabelos despenteados e cara de não quero saber. Deve ser do tempo estas saudades da praia até à última e todos adormecerem no caminho, jantar sem banho tomado e acordar quando for. Esta vontade de guardar todos os minutos e ficar ali para sempre. A ver o pôr do sol. Deve ser do tempo esta nostalgia dos anos a passar e das certezas que se ganham mesmo no meio da chuva e do frio. É isto. Não tenho dúvidas. Estou a ir bem. É por aqui.

Querem cantar a mesma música mas não pode ser ao mesmo tempo. Tem que ser à vez. Primeiro um. Depois o outro. Isto no carro. Todos fechados e sem ter para onde fugir. Às 8 da manhã. Fui buscar uma fotografia do verão para animar. Bom dia.

⚠️O relato que se segue pode ser eventualmente chocante. Avisa-se os mais sensíveis. ⚠️ Já se sabe que há peixes que duram mais do que outros, não vale a pena ser sonhador. Os miúdos começam a entender a morte, fingem-se enterros. Reza-se uma Avé Maria... Há uns meses tínhamos dois peixes. Quando fui lavar o aquário estava lá apenas um. Perguntei a toda a gente. Adultos e crianças. Paradeiro desconhecido. Tenho cão e a minha casa é aspirada dia sim dia não. Nenhuma das hipóteses é animadora. O Google pode ter gostos obscuros e o saco do aspirador... bem... a morte é irreversível. A partir de hoje não há salto olímpico que lhes valha. Comprei uma marulha protectora e espero eu, uma casa feliz. #ripredfish

Dá para ver o comportamento dos filhos pelo estado do cabelo de uma mãe. E pelas olheiras. E pelo olhar petrificado. E pela cozinha cheia de louça. No fundo é só olhar à volta.

Só fui magra quando era miúda e a minha mãe fez questão de me dar umas vitaminas que é por causa das tosses. Diz o meu padrasto, com graça, que tenho boas pernas para trabalhar e eu digo que em vez de pernas tenho troncos. Não sei correr mas adoro. Gosto de fazer exercício e acima de tudo de ver os resultados. Este mês decidi recuperar o peso que tenho vindo a ganhar desde Novembro. O meu marido inscreveu-se a ele e a mim no ginásio. Inspirada pela primavera, pelas novas colecções de fatos de banho que andam por aí - ou sei lá em quê - tenho ido ao Zumba. 45 minutos em que só me preocupo com dançar, decorar uma coreografia e libertar a cabeça. Eu e só eu, pelo menos uma ou duas - com sorte- vezes por semana. #operaçãotudoemaisalgumacoisa #jánãohánomes

Ainda tenho um bocado de colo mas a Luísa gosta tanto de o partilhar como gosta de couve. Simplesmente não concebe. Quando era pequenina um primo pediu-me uma trinca do meu Rol (lembram-se?). Achei que abusou na trinca e deitei o gelado fora. Moral da história? A culpa não é dela.

Armadonas. [Saudades do verão e dos ombros à mostra que não sou miúda de mini saia. Infelizmente 🙄)

E esta moda de se ser perfeito?

O que virá depois

big sister

Aos meus filhos perfeitos

Assim enxovalhados e imperfeitos. Assim vivos. Meus filhos. Bom Domingo. ❤

Já sabem que não escrevo com a frequência esperada de uma blogger que se apresente e por isso é que não sei se sou ou não blogger ou só uma pessoa que escreve de vez em quando. Mas tive uma ideia. Uma vez por semana escrevo o que vocês quiserem (dentro do tema). Vejam no stories e enviem por mensagem o que gostavam de ler. Encarem isto como uma espécie de Agora Escolha da Maternidade. 😊😙

Reparei que está muita gente a ter bebés, fazer obras em casa ou a cortar o cabelo. Só posso escolher uma hipótese neste momento. Mas que seja em bom! Boa Páscoa!

Férias. Dia 4. Sem filtro. E com gelado no fim!

Férias. Dia 3. ❤🌿

Dia dois. ❤🌿

Carta à mãe da minha filha Leonor

Férias. Dia 1. ❤🌿