Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

2020/2021

No outro dia o Zé Maria disse que o dia em que mudou de escola foi o pior dia de sempre. Nesse ano, mudaram todos de escola. A Leonor entrou para o primeiro ano, o Zé Maria para o segundo ano do pré escolar e a Luísa entrou na creche pela primeira vez  (e depois acabou por sair e ficar comigo mais um ano). Estávamos todos arrasados emocionalmente. Lembro-me que tive que deixar o Zé Maria e ficar com a Luísa na sala. Ele diz que chorou o dia todo. Nunca pensei que se lembrasse com tanto pormenor. Foi há 3 anos.  Está especialmente nervoso este ano. Vai entrar para o primeiro ano, depois de sete meses em casa. Diz que não quer ir apesar de todo o nosso incentivo e até da Leonor que adora escola e lhe diz que vai ser espectacular. Os meus filhos nunca foram de amar a escola. E eu sou forte promotora porque se for bom, é óptimo. A Leonor quando entrou com um ano esteve 15 dias sem comer e sem dormir. Diziam que ela estava muito apegada a mim, como se isso fosse mau. Como se ter estado com e…

Até espirrar me dói.

É assim que se vê a inércia destes músculos que estavam paradinhos desde que engravidei do meu filho que "já" tem 1 ano. Tinha começado a correr na altura e estava super empenhada mas como não sou desportista e o meu corpo não estava habituado decidi parar.
Pois,  o treino de ontem que "foi só para começar e não muito puxado" foi de certeza muito eficiente. Por onde começar.  Coxas: dói.  Abdominais: dói.  Ombros e antebraço: dói. Outros músculos que andam por aí: dói. 
Basicamente dói de tudo um pouco e não há melhor sensação que esta.

Depois do treino tive o abraço solidário da minha filha
que acho que estava com genuína pena de mim

Comentários