3/26/2015

Quando a cabeça não tem juízo

Não poder dar continuidade aos treinos,  ter dores numa das cicatrizes em que levei 6 pontos (fez um hematoma) e estar parada depois de uma semana cheia de adrenalina faz-me fazer mais asneiras do que queria.
Começo sempre os dias cheia de fé e normalmente o pequeno almoço é religiosamente saudável. Depois erro logo. Aproveito a sesta do meu filho para tratar de coisas da casa, trabalhar e às vezes descansar e deixo o tempo passar sem comer.
Dou por mim e já é hora de almoço. O lanche tem dias. Ontem foi péssimo. Lanchei fora com os meus filhos - um folhado de queijo cabra (eu sei, é pior que mau) e bocados de torrada que pedi para eles e roubei deles, com pouca manteiga para disfarçar o pecado.
Depois jantei em casa da minha mãe.  A minha intenção era boa. Mas depois havia pão e batatas assadas no forno e lá se foi a intenção.  Ainda comi uma tangerina a seguir como se a merecesse.
Devia aproveitar estes dias de descanso obrigatório para manter a dieta e me portar bem mas tem sido difícil. Não é que ande a "estragar tudo" mas também não estou a melhorar nada.
Penso sempre que as coisas resultam melhor se as assumirmos e se não nos enganarmos nem aos outros. É mais fácil assim,  bem mais fácil. 
Beber água ou chá resulta imenso comigo, reparo que há claramente semanas em que bebo muito mais água que outras e apesar de adorar água, gosto mesmo como de sumo e mais do que Coca-Cola, às vezes esqueço-me de a beber. Nas temporadas em que estou mais viciada em água reparo diferenças imediatas em três coisas: faço retenção de líquidos e isso melhora imenso, a minha pele fica mil vezes melhor -  ainda por cima sou daquelas que não põe um creme, às vezes até Mustela ou do género ponho para hidratar minimamente a pele - e as papadas dos olhos melhoram consideravelmente. Isto para dizer que tenho no telefone uma aplicação básica que me avisa - com som de copo a encher quando devo beber água e que quantidade de acordo com o meu peso e o meu objectivo. É muito simples mas muito eficaz. Tenho um Android e não iPhone mas acredito que também haja para iPhone. Resulta mesmo bem, experimentem. Se souberem de aplicações similares para iPhone partilhem-nas também. 
Conto estar bem para o próximo treino na terça feira e se estiver antes disso vou juntar-me aos treinos espectaculares da FhitUnit para matar o bicho e recuperar o tempo perdido! 

No comments:

Post a Comment