} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

Episódio 1 - O espelho

Tinha à volta de 40 anos quando se começou a aperceber da vida. Ao mesmo tempo que parecia cedo, também lhe parecia tarde.Até lá, corria tudo com mais ou menos problemas, mais ou menos histórias para contar. Todas essas pequenas histórias se juntaram naquele dia para lhe mostrar a pessoa em que se tornou. Não era mal nem bem. Era aquilo.Cada bocadinho de história ia dar ali. A um corpo. Custava estar de frente para si mesma e pousar em cada assunto de si. Tinha de ser. Era hora. Aquele momento parecia-lhe uma corrida de carros, cada instante a passar mesmo ali à sua frente.O nascimento, a sua infância, a morte dos avós, separações, mudanças, casamento, filhos, trabalho… Um atrás do outro a juntar-se em monte numa só pessoa.Parecia-lhe muito. Não demais, mas muito.Percebeu também que cada memória tinha um peso e era perfeitamente capaz de as dividir. As leves acabavam por ser as que ocupavam um espaço mais importante, as gargalhadas, os passeios na praia, as coisas que não se compartim…

Para quem está na luta para engravidar.

É um tema de que não fala muito.
Quem não consegue, ou tem dificuldade em ter filhos, não se sente compreendido e de facto não é, porque só quem passa por isso, sabe.

Tenho muito respeito e mesmo orgulho por quem vive essa luta para ter um bebé. Imagino que seja muito duro, difícil e desesperante.
E que às vezes já não haja esperança, vontade de continuar, ânimo.

É por isso que partilho com todo o gosto a sessão de esclarecimento promovida pela IVI - clínica de reprodução medicamente assistida. Esta clínica ajuda os casais a cumprirem o sonho de terem filhos com a ajuda das técnicas mais avançadas do mundo e promove agora uma conversa sobre tratamentos e sentimentos.


À conversa no IVI é a primeira sessão de esclarecimento sobre Tratamentos de Reprodução Assistida, é dia 5 de Maios, às 19h00 na Avenida Infante D. Henrique e gratuito.

Podem saber mais sobre tudo o que vai acontecer aqui.

Nota: um beijinho especial a quem luta todos os dias e tem fé, e também para quem às vezes a perde. Acreditar sempre.








Comentários