} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

Episódio 1 - O espelho

Tinha à volta de 40 anos quando se começou a aperceber da vida. Ao mesmo tempo que parecia cedo, também lhe parecia tarde.Até lá, corria tudo com mais ou menos problemas, mais ou menos histórias para contar. Todas essas pequenas histórias se juntaram naquele dia para lhe mostrar a pessoa em que se tornou. Não era mal nem bem. Era aquilo.Cada bocadinho de história ia dar ali. A um corpo. Custava estar de frente para si mesma e pousar em cada assunto de si. Tinha de ser. Era hora. Aquele momento parecia-lhe uma corrida de carros, cada instante a passar mesmo ali à sua frente.O nascimento, a sua infância, a morte dos avós, separações, mudanças, casamento, filhos, trabalho… Um atrás do outro a juntar-se em monte numa só pessoa.Parecia-lhe muito. Não demais, mas muito.Percebeu também que cada memória tinha um peso e era perfeitamente capaz de as dividir. As leves acabavam por ser as que ocupavam um espaço mais importante, as gargalhadas, os passeios na praia, as coisas que não se compartim…

17 semanas hoje

Mudou pouca coisa numa semana para além de uma coisa muito importante. Sinto-a a mexer.
E isso é absolutamente especial.
Voltei aos treinos com a Fhit Unit e é a primeira vez que faço exercício grávida. Das outras vezes fazia caminhadas e era quando o rei fazia anos. Adorei sentir que estou finalmente a tratar de mim e do bebé e manter-me activa durante esta gravidez.
Ainda não tem nome nem houve desenvolvimentos na escolha ou decisão mas não há-de nascer sem nome!
Já comecei a namorar algumas roupas sem comprar mas antes disso tenho que fazer uma incursão às caixas da Leonor para ver o que se aproveita. Tenho sorte porque uma vai ser de Junho e a outra é de finais de Julho.
Fisicamente sinto-me óptima. Com o máximo de energia possível mas com momentos de cansaço,  acho eu que perfeitamente normais. A barriga começa a crescer e não há milagres com dois filhos cá fora.
Estou feliz,  sensível mas bastante menos chorosa do que na gravidez anterior, o que é um descanso para todos.
Na gravidez da Leonor chorei por tudo e por nada e na do Zé Maria por nada e por tudo....
Na 4a feira vou fazer uma ecografia emocional (depois conto tudo) e vamos levar a Leonor!
Estou desejosa.

Comentários