3/29/2016

Enxoval da Luísa #4

Pouco importa as coisas que temos.
Os meus filhos crescem com a roupa dos primos, de todos os lados e até os brinquedos são herdados. Usam roupas que adoro e outras que nem por isso mas a cavalo dado não se olha o dente.
Não andam sempre como gosto de os ver. Não têm muitos pares de sapatos nem um armário cheio de roupa mas (até agora) isso nunca foi problema.
Os bodys, quando deixam de servir, costumam ficar uns meses presos só pela mola do meio, para não apertar muito. Os collants menos bons são usados só com calças, têm dois casacos de inverno, um de chuva outro de frio e normalmente duram dois anos porque compramos o tamanho acima.
Claro que às vezes têm roupa nova e deliram e eu amo comprar para eles. A Leonor é absolutamente vaidosa e por ela vivia de vestido. Não adora usar calças a não ser leggins e calções são o nosso meio caminho. Adora cor de rosa mas tenta não adorar. Mas fica linda com cinzento, azul, preto, amarelo.
Ele adora azul e eu adoro a maneira como ele se veste - como eu o visto - descontraído e tão absolutamente livre e confortável. Como ele é.
Agora imagino a Luísa à medida que vou recolhendo coisas para ela. Será assim feminina como a irmã? Será loira, morena (confesso que adorava), terá olhos azuis como ele, castanhos escuros como os dela, verdes como o pai ou castanhos esverdeados como os meus?
O armário e o mundo dela começam a crescer e eu a ansiar por tudo o que ela vai ser, e mais.
A alcofa dela vai ser a que comprei para o Zé Maria, em segunda mão num grupo do Facebook, e que a minha mãe mandou forrar. É azul mas resolvi não mudar porque a adoro assim.
Ainda não está pronta porque ainda é cedo mas mais umas semanas e começo a tratar dela.
A minha mãe trouxe do Minho, da Feira de Caminha, umas almofadas - que era assim que se usava antigamente - e que eu vou usar para lhes dar o uso que merecem - como envelopes com as primeiras roupas da maternidade e depois sim, como almofadas.

O meu marido, foi à Zara e comprou este vestido, que é um amor e fica lindo com o body da Honey Baby (podem ganhar um igual no passatempo a decorrer no blog).



Touca da Claras em Castelo
Vestido Zara. Body HoneyBabu
A touca, absolutamente maravilhosa faz parte da nova coleccção da Claras em Castelo, uma marca que adoro por mil e um motivos. Mas acho que o primeiro é mesmo a simpatia e a disponibilidade que prezo mesmo muito nos dias que correm. Aconselho a perderem-se pela página de Facebook e Instagram que vale mesmo muito a pena. 

O livro do bebé. Dou muita importância talvez porque o meu seja uma pequena tristeza - desculpe mãe. É que tenho meia página escrita. 

O da Leonor era da Moleskine. Adoro-o mas nunca fiquei contente com o (pouco) espaço que tinha para escrever. 

O do Zé Maria é o Caderno do Bebé, azul com pintinhas, lindo e o da Luísa vai ser também. 
(estou tentada em comprar um para a Leonor e passar tudo para lá, acham mal?)

O Caderno do Bebé é lindo por fora e perfeito por dentro. Primeiro tem muito espaço para escrever, depois tem espaço para coisas aparentemente pouco importantes mas que fazem toda a diferença, como as ecografias, as fotografias de grávida, os dvd's, a árvore genealógica e o primeiro cabelo cortado. 

Caderno do Bebé
Podem ficar a conhecer todos os pormenores destes cadernos feitos com tanto amor e qualidade aqui e aqui

Das coisas que mais me preocupa quando a Luísa nascer é a logística. É numa das coisas em que mais penso principalmente porque passo muito tempo sozinha com eles. O Zé Maria ainda é um bebé grande que pede (e muito) colo. Estou a tentar que ande mais tempo de mão dada mas nem sempre resisto em leva-lo ao colo. Até porque gosto. 

Mas quando começar a ir leva-los e busca-los à escola vou ter que gerir a logística para que a coisa corra minimamente bem. Por isso pretendo rodear-me de coisas úteis e funcionais que me facilitem a vida. Esta é uma delas e acho que vão gostar. 
Alça para carregar o ovo da ByBebé

É tão simples como genial. Uma alça para colocar no ovo e depois ao ombro. Se a Luísa estiver acordada poderá ir num pano ou sling mas se adormecer no carro, terei obrigatoriamente que tirar o ovo do carro e levar comigo, e não é propriamente leve... Tirar o carrinho para mim não é opção porque a entrada na escola dos meus filhos não é muito amiga de carrinhos por isso dar-me-ia o dobro do trabalho. 

Chama-se Coco Belt e está à venda na ByBebé. A loja é em Coimbra mas têm um óptimo site onde se podem perder com tudo o que há, e aviso já que apetece comprar tudo. 

Estou desejosa de experimentar e assim que o ovo estiver arranjadinho prometo mostrar o bem que fica! 

Existe em três cores: Azteca, Menta e Preto. 

O enxoval está cada vez mais completo e eu absolutamente feliz por estar cada vez mais perto de a conhecer e de ser mãe dela. 










4 comments:

  1. Ainda não comecei a fazer o enxoval da minha filha que nasce em junho mas já separei as coisas da irmã que lhe podem ser úteis. Ainda me falta encontrar um vestidinho ou um fofo para a primeira roupinha. De resto é quase tudo em segunda mão. Felizmente tive muitas amigas que me emprestaram roupa e deu imenso jeito... mesmo muito.

    ReplyDelete
  2. Estou nessa fase também. A ver o que dá da irmã, que nasceu em Julho e do irmão, que nasceu em Março. :) um beijinho.

    ReplyDelete
  3. Estou nessa fase também. A ver o que dá da irmã, que nasceu em Julho e do irmão, que nasceu em Março. :) um beijinho.

    ReplyDelete