Minha filha única

Nunca pensei que o meu terceiro filho tivesse perfil de filho único. Esta malandra continua a ser uma odisseia para adormecer. Deixar chorar no quarto sozinha não é comigo, nem sei como se faz, mas há dias que nem ao colo, nem no pano, nem ao seu lado, nem na maminha.
Depois a noite é em modo automático e acordo sem me lembrar nem querer saber como foi e o que aconteceu.
E é assim que eles nos levam.

Comments

Mais lidos