O que fariam hoje se começassem de novo?

À medida que vou tendo filhos vou aprendendo. E ainda bem. Olhando para trás sinto que fui ignorante em relação a muitas coisas.
Dei suplemento à Leonor com 17 dias porque à minha volta todos me diziam que tinha fome. Ao Zé Maria deixei de dar de mamar no dia em que ele começou a comer. Por ignorância, porque achei que estava na hora e não houve um  processo, foi literalmente de um dia para o outro. Com a Luísa estou a redimir-me e embora ache que os filhos crescem bem seja de que forma for, tenho objectivos pessoais com eles e no que diz respeito aos seus tempos. O tempo de mamar, o tempo de experimentar, o tempo de comer açúcar, chocolate e outras coisas boas...
Com as frutas é exatamente a mesma coisa. Cada uma a seu tempo. Mas o que é inevitável é que um dia entrem cá em casa as “Frutas bebé”. É assim que eles chamam às tacinhas e às saquetas da Blédina que há sempre e desde sempre cá em casa. A Luísa ainda não experimentou apesar de já poder mas não deve tardar muito.
Confio na qualidade desta marca, que do campo para a mesa oferece produtos sem corantes nem conservantes1 e sem complicações. 100% fruta.
É importante para mim ser prática e ao mesmo tempo oferecer coisas boas aos meus filhos. Nem sempre dá para levar e descascar fruta ou mesmo que dê... eles adoram e é um produto em que se pode confiar. Tanto as frutas como as refeições.
Visitem o site - www.bledina.pt - que me surpreendeu muito pela informação tão detalhada e amiga dos nossos bebés.

Post feito em parceria com a Bledina.


Comments

  1. Olá, tenho 52 anos e a minha Mãe deu-me comida de boião e cresci lindamente. Tenho duas filhas com 15 anos de diferença e, as duas, principalmente a mais nova, comeu imenso comida de boião. O que é preciso é que cada Mãe possa fazer a opção que quiser.
    Sigo a sua página desde antes do nascimento da Luisinha e adoroooo!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Cá em casa não comem sempre (claro!) porque fruta é fruta. :) Mas comem e adoram! Tudo com conta peso e medida. Um beijinho e muito obrigada, fico mesmo feliz!

      Delete
  2. Olá. Cá em casa também há sempre umas saquetas de fruta (normalmente aproveito as promoções que vou vendo nos supermercados, por isso acho que já experimentaram de quase todas as marcas). Há pouco tempo, descobri umas saquetas reutilizáveis na Imaginarium e comprei (https://www.imaginarium.pt/chupeta-de-alimentacao-para-bebe--reusable-food-pouch-2pcs-with-adaptor-1pc-lime-87689.htm?q=REUSABLE%20FOOD&title=Chupeta%20de%20alimenta%C3%A7%C3%A3o%20para%20beb%C3%A9&page=1). Quando tenho tempo ou enquanto preparo o almoço/jantar, cozo fruta, passo bem com a varinha (às vezes acrescento um bocadinho de canela) e coloco nas saquetas. Dá para levarmos de tarde ou no dia seguinte para os nossos passeios. Quando não há tempo, levamos as saquetas de fruta comprada.....mas sempre reduzimos os custos com as reutilizáveis. Fica a dica ;)
    Beijinhos e, acima de tudo, cada mãe é que sabe o que é melhor para os filhos. Havendo amor, "não falta nada".
    Joana

    ReplyDelete
    Replies
    1. Custos e ajudamos o ambiente. Obrigada pela dica. :)

      Delete
  3. Por aqui também lhe dou fruta de boião de vez em quando e não há nenhum drama nisso.
    Também gosto da blédina, as bolachas de bebé dele são a perdição da minha filhota, que se pudesse comia o pacote todo :)

    ReplyDelete

Post a Comment