} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

Episódio 1 - O espelho

Tinha à volta de 40 anos quando se começou a aperceber da vida. Ao mesmo tempo que parecia cedo, também lhe parecia tarde.Até lá, corria tudo com mais ou menos problemas, mais ou menos histórias para contar. Todas essas pequenas histórias se juntaram naquele dia para lhe mostrar a pessoa em que se tornou. Não era mal nem bem. Era aquilo.Cada bocadinho de história ia dar ali. A um corpo. Custava estar de frente para si mesma e pousar em cada assunto de si. Tinha de ser. Era hora. Aquele momento parecia-lhe uma corrida de carros, cada instante a passar mesmo ali à sua frente.O nascimento, a sua infância, a morte dos avós, separações, mudanças, casamento, filhos, trabalho… Um atrás do outro a juntar-se em monte numa só pessoa.Parecia-lhe muito. Não demais, mas muito.Percebeu também que cada memória tinha um peso e era perfeitamente capaz de as dividir. As leves acabavam por ser as que ocupavam um espaço mais importante, as gargalhadas, os passeios na praia, as coisas que não se compartim…

Quase a largar as fraldas


A Luísa está numa fase incrível. Acabada de fazer dois anos, cheia de vida, de coisas para dizer, de pequenas e enormes conquistas.
Começa a querer fazer chichi no penico e não gosta de ter a fralda molhada. Assim que faz chichi pede para mudar.
Aconteceu algumas vezes mudar a fralda antes de a deitar e ter que mudar novamente antes de dormir porque no entretanto fez chichi. 
Para mim é sinal que está a crescer e a querer largas as fraldas. Já começámos a ajudá-la nisso e está a correr mesmo bem. Devagar, ao ritmo dela e sem qualquer pressão ou pressa.
As nossas fraldas de eleição são e sempre foram Dodot, embora experimente de tudo e compre muitas vezes conforme as promoções e até conforme a idade e fase em que estão.
Para esta fase e para a Luísa estamos a usar as Dodot Bebé Seco exactamente porque aguentam mais e protegem a pele dela e muito provavelmente evitam ou retardam a sensação de molhado porque ela queixa-se muito menos e não preciso de lhe mudar a fralda logo a seguir a fazer chichi.
Estas fraldas têm canais de ar que permitem que o ar circule dentro da fralda. Cá em casa estão a resultar muito bem. O próximo passo talvez sejam as fraldas cueca que às vezes usa e se sente muito crescida e servem também de incentivo e facilitam as idas à casa de banho. 
Tanto a Leonor como o Zé Maria deixaram as fraldas relativamente cedo e de forma simples. Nunca insisti nem pressionei nem forcei e raramente houve deslizes. Acho que a Leonor nunca fez chichi na cama e o Zé Maria só porque dorme que nem uma pedra e tem mesmo de ir à casa de banho antes de dormir. Com a Luísa espero que seja igualmente simples. Ela já dá todos os sinais de querer e nós andamos ao ritmo dela. 

Parceria com a marca Dodot - marca que nos acompanha desde o primeiro dia, há quase 7 anos, quando nasceu a Leonor. 

Comentários

Publicar um comentário