} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

episódio 2 - no corredor

Atravessou o corredor a medo. Era isso ou acordar novamente a irmã. O corredor era tão escuro que lhe parecia impossível a uma criança. As tábuas faziam-se notar a cada passo e ela preferia atravessá-lo em pressa do que se demorar por ali. Deviam ser uns 4 metros que lhe pareciam 12. Respirava fundo e ia de olhos fechados como se isso a protegesse do medo. O medo era de nada. Só do escuro, do desconhecido, do caminho, de não saber o que estava do outro lado.  Mesmo já tendo passado ali com a luz do sol. Quando chegava era bom e era mau porque era obrigatório voltar. Já sabia que nada se passava e que era só um caminho e mesmo assim voava para chegar o mais depressa possível. No dia a seguir era igual. Todos os dias.O mesmo corredor escuro. Todos os dias a luz da manhã a fazer esquecer a noite. As manhãs serviam para lhe descansar a alma e se rir de si mesma. Tinha a certeza que à noite não haveria medos porque estava tudo ali, tudo o que era para existir, tudo o que fazia realmente par

17 semanas hoje

Mudou pouca coisa numa semana para além de uma coisa muito importante. Sinto-a a mexer.
E isso é absolutamente especial.
Voltei aos treinos com a Fhit Unit e é a primeira vez que faço exercício grávida. Das outras vezes fazia caminhadas e era quando o rei fazia anos. Adorei sentir que estou finalmente a tratar de mim e do bebé e manter-me activa durante esta gravidez.
Ainda não tem nome nem houve desenvolvimentos na escolha ou decisão mas não há-de nascer sem nome!
Já comecei a namorar algumas roupas sem comprar mas antes disso tenho que fazer uma incursão às caixas da Leonor para ver o que se aproveita. Tenho sorte porque uma vai ser de Junho e a outra é de finais de Julho.
Fisicamente sinto-me óptima. Com o máximo de energia possível mas com momentos de cansaço,  acho eu que perfeitamente normais. A barriga começa a crescer e não há milagres com dois filhos cá fora.
Estou feliz,  sensível mas bastante menos chorosa do que na gravidez anterior, o que é um descanso para todos.
Na gravidez da Leonor chorei por tudo e por nada e na do Zé Maria por nada e por tudo....
Na 4a feira vou fazer uma ecografia emocional (depois conto tudo) e vamos levar a Leonor!
Estou desejosa.

Comentários