} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

episódio 2 - no corredor

Atravessou o corredor a medo. Era isso ou acordar novamente a irmã. O corredor era tão escuro que lhe parecia impossível a uma criança. As tábuas faziam-se notar a cada passo e ela preferia atravessá-lo em pressa do que se demorar por ali. Deviam ser uns 4 metros que lhe pareciam 12. Respirava fundo e ia de olhos fechados como se isso a protegesse do medo. O medo era de nada. Só do escuro, do desconhecido, do caminho, de não saber o que estava do outro lado.  Mesmo já tendo passado ali com a luz do sol. Quando chegava era bom e era mau porque era obrigatório voltar. Já sabia que nada se passava e que era só um caminho e mesmo assim voava para chegar o mais depressa possível. No dia a seguir era igual. Todos os dias.O mesmo corredor escuro. Todos os dias a luz da manhã a fazer esquecer a noite. As manhãs serviam para lhe descansar a alma e se rir de si mesma. Tinha a certeza que à noite não haveria medos porque estava tudo ali, tudo o que era para existir, tudo o que fazia realmente par

35 semanas e o Enxoval da Luísa #5

As semanas continuam a passar e a vontade de conhecer esta filha que já  adoro tanto é cada vez maior.

Às 35 semanas as coisas começam finalmente a  arranjar-se cá por casa.
O quarto dos "mais velhos" pronto, as roupas de verão e Inverno arrumadas e o calor parece querer ajudar à minha próxima tarefa: lavar roupa.
O ovo está preparado e lindo, e esta semana trato da alcofa onde a Luísa vai dormir nos primeiros meses.

Foi comprada em segunda mão e arranjada por uma costureira para o Zé Maria. Está guardada há algum tempo e vai precisar de um toque com certeza.
Ainda não tenho mala para levar as coisas da Luísa para a maternidade e para mim levo o "troley de sempre".
Toalha daqui.
Fraldas Bambo Nature
com cintura abaixo da zona do umbigo
para os primeiros dias e o Leite Hidratante da AlphaNova
da Origami Kids. 
Creme Mitosyl, usado por todos cá em casa.
Básicos que AMO da Mustela.
Soro da Chicco e chucha da A minha Chucha.


Body da HoneyBaby
Tricot feito pela minha mãe
Fralda da Lovely
Falta-me comprar e conferir as camisas de noite, soutiens, cuecas chatas para os primeiros dias, cremes que ajudem durante a amamentação e outras coisas que com certeza são fundamentais e me estou a esquecer.
Estou apaixonada por esta capa da BGKids.
Uma loja linda de Leiria
e onde podem encomendar online.

A minha mãe tem feito roupa como se não houvesse amanhã o que me tem sossegado o espírito.  Se alguma coisa me faltar tenho a certeza de duas agulhas que tricotam à velocidade da luz.

Quando a Luísa chegar a casa,  nada lhe faltará. 
Tem cremes, produtos para o banho,  banheira que foi de todos,  chuchas.... para os primeiros dias vou experimentar novas fraldas e tentar usar os produtos mais naturais.

Faltam algumas coisas como compressas, álcool (será que ainda se usa?), e aqueles kits básicos de farmácia como a tesoura, escova de cabelo, etc. [Tenho mesmo que reler listas ]
O essencial está. 
Descansa-me a facilidade que tive nos outros filhos a dar de mamar e rezo para que com a Luísa seja igual. Sem dores e sem grandes complicações.

Tem dois irmãos à sua espera. Uma casa feliz, minimamente tranquila e suficientemente caótica, umas vezes com stress, com dificuldades mas que há sempre a certeza do amor.
Tem um pai e uma mãe que a esperam ansiosos, expectantes, reticentes e cheios de esperança nesta nova vida que vai ocupar a casa.
Estamos oficialmente em contagem decrescente.




Comentários