} Avançar para o conteúdo principal

Apresentados

episódio 2 - no corredor

Atravessou o corredor a medo. Era isso ou acordar novamente a irmã. O corredor era tão escuro que lhe parecia impossível a uma criança. As tábuas faziam-se notar a cada passo e ela preferia atravessá-lo em pressa do que se demorar por ali. Deviam ser uns 4 metros que lhe pareciam 12. Respirava fundo e ia de olhos fechados como se isso a protegesse do medo. O medo era de nada. Só do escuro, do desconhecido, do caminho, de não saber o que estava do outro lado.  Mesmo já tendo passado ali com a luz do sol. Quando chegava era bom e era mau porque era obrigatório voltar. Já sabia que nada se passava e que era só um caminho e mesmo assim voava para chegar o mais depressa possível. No dia a seguir era igual. Todos os dias.O mesmo corredor escuro. Todos os dias a luz da manhã a fazer esquecer a noite. As manhãs serviam para lhe descansar a alma e se rir de si mesma. Tinha a certeza que à noite não haveria medos porque estava tudo ali, tudo o que era para existir, tudo o que fazia realmente par

As primeiras (e únicas) compras!

Todos os anos digo que para o ano vou começar a fazer compras em Fevereiro e ao longo do ano para depois conseguir viver o Natal no que ele tem de mais importante.
Por mim,  abolia os presentes confesso. Mas o Natal é das crianças e mãe é mãe e sogra é sogra e o meu pai liga a estas coisas e o meu padrasto é o meu segundo pai. E a educadora? É chato não dar. E de repente são dezenas de presentes.
Na minha família do lado da mãe  (tenho 21 primos) não há presentes. Os padrinhos dão aos afilhados e se alguém se lembrou de alguém por algum motivo então óptimo.
Em casa da minha mãe o mesmo. Só se dá às crianças e em casa da minha sogra fazemos amigo secreto. Adorava ter jeito para fazer presentes personalizados e únicos mas não tenho. E pouco tempo também. Por isso é para "minimizar os estragos" tentamos comprar sempre coisas não muito caras e para os nossos filhos uma coisa mais especial. 
Este ano a Accessorize fez-me o convite para lá ir fazer as minhas primeiras compras. E nunca desejei tanto que a minha família não me lesse como hoje. 
Sempre adorei esta loja que acho perfeita quando se tem uma festa e não se quer gastar muito dinheiro porque tem sempre brincos colares e carteiras acessíveis. 
Agora está com promoções e por isso consegui trazer muita coisa por pouco. Ficou a pouco mais de 10€ por pessoa. E ainda trouxe uma carteira para mim. 

(Post feito em parceria com a Accessorize a quem agradeço este convite).
Sigam no Instagram ou Facebook

Comentários